MATÉRIAS PUBLICADAS

“O segredo da felicidade bíblica é fazer outras pessoas felizes”, ensina Max Lucado

Para o pastor e escritor Max Lucado, viver uma vida feliz é “uma obrigação moral” de todo o cristão. Mas em um mundo impulsionado pelo consumismo, ser feliz não pode estar ligado a bens materiais, mas sim em fazer outras pessoas felizes.

 

E o tema abordado pelo pastor em um recente podcast é bastante pertinente, pois segundo pesquisas feitas nos Estados Unidos, apenas 1 em cada 3 americanos se consideram felizes. Este é o recorde de baixa nos estudos sobre feliciano e o dado é preocupante.

Leia mais...

 

“Estamos sob ataque constante de uma indústria de marketing multibilionária que nos diz que temos que encontrar a felicidade naquilo que estamos, no que dirigimos, no diploma na parede… no que fazemos no quarto ou na sala de reuniões e que diz que a felicidade depende de influências exteriores”, declarou o pastor, segundo informações do The Christian Post.

Líder da Oak Hills Church em San Antonio, no Texas, Lucado falou sobre como esses comerciais nos dizem o que precisamos e nos bombardeiam com produtos que, se a pessoa estiver infeliz, desejará adquirir para se sentir melhor.

Mas na mensagem, ele mostra aos cristãos que ser felicidade “é uma obrigação moral que temos”, mas que ela não deve ser procurada em bens materiais. “Nós fazemos um favor ao mundo quando buscamos a felicidade; não o egoísmo, mas a felicidade. Quando estamos genuinamente descobrindo um senso de contetamento que não depende de nenhuma circunstância, então seremos um membro melhor de nossa família, um profissional melhor no trabalho, um membro melhor da sociedade e, se formos frequentador de alguma igreja, um membro melhor na igreja”.

Autor do livro “How Happiness Happens”, Max Lucado ensinou que se você quiser ser mais parecido com Cristo, deve acordar todos os dias dizendo: ‘Ok, como posso fazer as outras pessoas felizes?’. Ele garante que há pelo menos 50 versículos sobre isso na Bíblia.

 

“Há mais de 50 deles e essas passagens nos encorajam a fazer tudo, ensinar uns aos outros, perdoar uns aos outros, amar uns aos outros, admoestar uns aos outros, instruir uns aos outros, perdoem-se mutuamente, sejam pacientes uns com os outros. São todas essas pequenas porções práticas nas Escrituras”.

 

Lucado ensina que é possível escolher essas ações e usá-las no dia a dia, até que ela faça parte de sua vida. “A grande novidade é que, ao tentar colocar sorrisos nos rostos dos outros, acabo colocando um sorriso no meu próprio rosto”, completou.




< Voltar

Copyright 2019 -    •    Grupo Alphanet Hosting