MATÉRIAS PUBLICADAS

Cuidado: há falsos profetas também no mundo das finanças

Cuidado: há falsos profetas também no mundo das finanças

Infelizmente, sabemos que há no mundo diversos falsos profetas, que pregam confusão, traição e descrença. Sabemos que para os ímpios e falsos haverá punição divina, porém precisamos tomar cuidado para não cairmos nos discursos vazios.

 

Esse apelo está em Mateus 7:15. “Acautelai-vos quanto aos falsos profetas. Eles se aproximam de vós disfarçados de ovelhas, mas no seu íntimo são como lobos devoradores”. Por mais que a inocência ou o desespero em algumas situações possam comprometer nosso discernimento, precisamos estar atentos aos detalhes.

Leia mais...

 

Falsos profetas prometem realizar maravilhas apontando o melhor caminho, que na verdade é cheio de tentações que desviam os cristãos da fé, se aproveitam de suas fraquezas. E o mesmo acontece no mundo das finanças. Quando a pessoa está com dificuldades em controlar seu orçamento e pagar suas contas em dia, é levada a pensar que a melhor saída é usar ferramentas de crédito fácil, esquecendo que na verdade a única solução definitiva é a educação financeira.

Vou dar um exemplo de como uma pessoa pode se aprofundar em dívidas e desespero se não refletir sobre os perigos das promessas vazias.

Imagine uma pessoa que está com dificuldades para pagar as parcelas de sua casa ou carro e passe a acreditar que usar o cartão de crédito para pagar outras despesas resolverá a situação, pois assim sobrará dinheiro no decorrer do mês. Pode ser que esse método se sustente por alguns meses, mas chegará o dia em que essa pessoa não conseguirá pagar as faturas do cartão.

Desesperada, ela acreditará que pagar o valor mínimo é o melhor caminho. Porém, com o tempo, sua dívida se acumulará e ela precisará recorrer ao cheque especial. Nos meses seguintes, seu salário será suficiente apenas para cobrir o limite do cheque especial. Junto, vem o débito referente aos juros do período mais a parcela mínima do cartão acompanhada de juros.

 

Em meio a essa trovoada de dívidas, a pessoa já não terá mais condições de pagar a prestação da casa ou do carro. Ao se perceber completamente endividada, ela poderá recorrer a empréstimos com conhecidos, bancos ou agiotas. Assim, acabará chegando ao fundo do poço.

De que adianta dar ouvidos aos falsos profetas, que iludem e fingem ser capazes de fazer grandes milagres, sem olhar para a raiz da questão, que são os hábitos e comportamentos que se infiltram em nossas vidas para nos fazer cair? O caminho correto é aquele que leva à retidão, e apenas ele pode gerar resultados duradouros e verdadeiros.

 




< Voltar

Copyright 2019 -    •    Grupo Alphanet Hosting